Este site utiliza cookies . Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Para mais informações consulte a nossa Política de Cookies. Fechar

GO FITOAGRO

  • 15 Mar
    2022

    Objetivos

    Pretende-se definir, com base na informação recolhida nos POB das entidades da produção parceiras deste Grupo Operacional, a estimativa do risco e o NEA para pragas chave das pomóideas da região Oeste.

    Para inimigos emergentes (cecidómia e "novo bichado da macieira") pretende-se definir estratégias de proteção baseadas na luta biotécnica, permitindo um aumento da eficiência dos recursos utilizados no âmbito da proteção fitossanitária na produção e a sustentabilidade e competitividade das explorações hortofrutícolas.

    Principais objetivos:

    - identificação da espécie do "novo bichado da macieira"

    - estudar os ciclos de vida das novas pragas e doenças emergentes, para as quais ainda não estão definidos metodologias de estimativa do risco e NEA;

    - ensaiar métodos de luta biotécnica e biológica, baseada essencialmente na captura em massa, confusão sexual, reguladores de crescimento, bioinsecticidas, etc.;

    - desenvolver mapas de riscos para as principais pragas e doenças, com especial enfoque na filoxera;

    - estender a plataforma InfoAgro com dados georreferenciados e de modelos , facilmente divulgada e analisada pelos técnicos e agricultores (SMS, portal, boletins digitais) para investigadores e serviços oficiais (podendo facilitar a exportação para fora da EU).

    Resultados esperados

    - Definir e divulgar por meio digital e em suporte de folheto, os ciclos de vida dos inimigos emergentes sendo em conta as condições favoráveis ao seu desenvolvimento;

    - Disponibilizar informação de método de estimativa do risco e NEA para apoiar a tomada de decisão do agricultor;

    - Disponibilizar informação sobre meios de luta biológicos e biotécnicos, alternativos à luta química;

    - Disponibilizar mapas de risco de ocorrência de inimigos chave na região Oeste tendo por base dados biológicos e meteorológicos, em na plataforma do GO;

    - Disponibilizar modelos de previsão para os inimigos validados para a região Oeste, na plataforma;

    - Disponibilizar de forma simples e direta informação para apoio à tomada de decisão para técnicos e agricultores, que contribua para utilização dos produtos fitofarmacêuticos e outras formas de intervenção a níveis económica e ecologicamente justificáveis, minimizando riscos para a saúde humana e ambiente.

     Mais informações em https://fitoagro.webnode.pt/