Este site utiliza cookies . Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Para mais informações consulte a nossa Política de Cookies. Fechar

GO PROTECESTENFILIO

  • 16 Mar
    2022

    Objetivos:

    a) Avaliação do status quo do pomar e a incidência de estenfiliose

    A avaliação das práticas culturais efetuadas pelos diferentes produtores nos últimos 5 anos, com recurso a inquéritos, a avaliação da flora existente nos pomares e o acompanhamento dos pomares durante o período de execução do projeto contribuirá para se estabelecerem possíveis relações entre as práticas culturais e a incidência da doença.

    b) Otimização dos meios de luta química:

    realização de ensaios de eficácia biológica de fungicidas e biofungicidas in vitro e/ou in vivo utilizando uma seleção caracterizada de isolados patogénicos com diferentes virulências e seleção dos mais eficazes.

    instalação de ensaios de campo com os fungicidas e biofungicidas que demonstraram maior eficácia e avaliação de diferentes épocas de aplicação.

    c) Otimização de meios de luta cultural:

    Procurar-se-á analisar a eficiência de diferentes práticas fitotécnicas na redução da manutenção e viabilidade do inóculo no pomar, nomeadamente desenvolver um equipamento agrícola para a remoção dos frutos e folhas infetados do pomar.

    Resultados previstos:

    - Identificação da incidência e severidade da estenfiliose e do inóculo potencial (isolados patogénicos) presente nos pomares em estudo;

    - Identificação de práticas fitotécnicas que têm influenciado a incidência da doença no pomar e que permitiram a redução do inóculo, tendo em conta as várias tipologias de pomares e as diversas práticas fitotécnicas (rega, fertilização, gestão de infestantes, entre outras);

    - Avaliação das eficácias dos produtos fungicidas atualmente homologados para o controlo da estenfiliose, apresentação de resultados obtidos com a aplicação de novos produtos, nomeadamente biofungicidas e estabelecimento das épocas de tratamento primordiais, com o objetivo de providenciar aos produtores novas soluções eficazes e sustentáveis em termos ambientais e de segurança alimentar;

    - Realizar demostrações de remoção de folhas e frutos dos pomares com o equipamento desenvolvido no GO O "knowhow" adquirido será uma mais valia para os produtores. Estas ações de divulgação de resultados permitirão aos produtores a adoção da tecnologia desenvolvida e validada. O contributo dos técnicos das OP será imprescindível para uma eficiente transferência de tecnologia.

    Mais informações em https://protecestenfilio.webnode.pt/